Substâncias redutoras, pesquisa nas fezes

Preparo:

Não há

Amostra:

Fezes recém emitidas, sem conservante.

Coleta:

Fazer a coleta com espátula em três ou mais partes do bolo fecal em frasco de coleta universal

Acondicionamento:

Transporte: caixa térmica com gelox (13ºC a 24,5ºC)

Após triagem: refrigerado (2ºC a 8ºC)

Arquivo biológico:

Não se aplica

Método:

Reativo de Benedict

Referência:

Negativo

Interpretação:

A presença de substâncias redutoras nas fezes constitui um importante indicador de deficiência congênita de dissácaridases intestinais (lactose e sacarose) ou lesão não especifica da mucosa intestinal.