Hemocultura para micobactérias, sangue total

Preparo:

Jejum não necessário.

Informar medicação em uso.

Amostra:

Sangue total, número de amostra (1ª, 2ª, 3ª, pareadas ou não) conforme solicitação médica.

Coleta:

Coleta: após rigorosa assepsia*, realizar punção venosa (sistema vácuo) em frascos específicos para hemocultura (adulto e infantil – BACTEC MYCO/F), preferencialmente em início de febre.

Lavar e secar as mãos cuidadosamente;

Calçar as luvas;

Selecionar o local da punção;

Remover os selos de segurança das tampas dos frascos e fazer a antissepsia destas com álcool 70%;

Fazer antissepsia no braço do paciente com álcool 70%;

Fazer antissepsia no braço do paciente com movimentos circulares do centro para a periferia com solução iodo-povidine (1 a 10%) ou clorexidina (0,5%)

Deixar secar e remover a solução iodo-povidine (1 a 10%) ou clorexidina (0,5%), com álcool 70%;

Deixar secar (entre 30’a 45’);

Trocar luvas e dar procedimento a punção.

Acondicionamento:

Transporte: temperatura ambiente (13ºC a 24,5ºC)

Após triagem: temperatura ambiente

Arquivo biológico:

Não se aplica

Método:

Cultura automatizada (BACTEC – 9240)

Referência:

Cultura negativa

Interpretação:

Detecção, isolamento e identificação de micobactéria em amostra de sangue humano. Importante na elucidação diagnóstica de pacientes imunodeprimidos com septcemia desta natureza.